Pedrado

Pedrado

 

           

Espécie

Macieira:Venturia inaequalis; Pereira:Venturia pirina

Sintomatologia

_____________________________________________________________________________________
◘ O pedrado ataca todos os órgãos herbáceos da macieira e pereira com uma sintomatologia típica:

♦ Nas folhas: Surgem manchas irregulares de aspecto translúcido que vão aumentando e tomam uma cor verde-olivácea de aspecto aveludado. Estas zonas acabam por ficar negras e as folhas podem apresentar-se com deformações.
No caso de ataques tardios as manchas são mais pequenas e numerosas cobrindo uma parte importante do limbo, ao longo das nervuras, acabando as folhas por amarelecer e cair.
Nas inflorescências: Ocorrem as manchas acima descritas e que causam a sua destruição.

♦ Nos frutos: Estes mostram uma sensibilidade ao pedrado em todas as fases do seu desenvolvimento. Os ataques precoces são responsáveis pela queda prematura dos frutos.
Nestes,à superfície,surgem as manchas características do pedrado que acabam por necrosar causando deformações. Essas zonas afectadas, por não acompanharem o desenvolvimento dos tecidos sãos, fendilham de forma irregular e mais ou menos intensa, o que causa a desvalorização das produções. Nalguns casos pode ocorrer mesmo a mumificaçâo dos frutos.

◘ Os ataques tardios do pedrado, que ocorrem durante o período de conservação dos frutos, causam manchas mais superficiais e pequenas, de cor negra e debruadas a vermelho.

◘ Nos ramos: Estes raramente são atacados.

Biologia

_____________________________________________________________________________________

◘ O fungo sobrevive no pomar, de uns anos para os outros, através de:


♦ peritecas, que se formam nas folhas caídas no solo no Outono.

♦ micélio e conídios que hibernam nas escamas dos gomos ou nos ramos (nas pústulas estromáticas em variedades muito sensíveis).

◘ As peritecas ocorrem geralmente no Norte do País, em zonas onde se registam temperaturas baixas no Inverno.

◘ Na Primavera as peritecas libertam os ascósporos que, juntamente com o micélïo presente nos gomos, são responsáveis pelas infecções primárias.

◘ A chuva ou a humidade elevada são indispensáveis à germinação dos conídios e dos ascósporos, pois esta só ocorre em presença de água. Para a germinação dos esporos é necessário que os órgâos estejam molhados pelo menos durante 18 horas e as temperaturas rondem os 16-24°C. Os esporos emitem um tubo germinativo (haustório) que perfura a cutícula, desenvolve-se e forma um micélio no interior dos tecidos vegetais. É a fase de contaminação.
Após esta fase, na sequência de um determinado período de incubação, surgem as primeiras manchas do pedrado. A duração do período de incubaçâo depende das condições metereológicas na Primavera (em particular da temperatura).

◘ As novas contaminações - infecções secundárias - sucedem-se sempre que se verifiquem condições metereológicas favoráveis. Estas podem ser determinadas pela curva de Mills & Laplace que relaciona o número de horas durante as quais a folhagem deve permanecer molhada com os valores da temperatura para que ocorra a infecção - período crítico.

 

Medidas de Combate

_____________________________________________________________________________________
Devem seguir-se as recomendações do Sistema de Avisos.Pelo conhecimento da eco-biologia do fungo é possível determinar as épocas de maiores riscos de infecção e proceder a correctas intervenções fitossanitárias com fungicidas homologados.

 

 

Informações Complementares

___________________________________________________________________________________
É a principal doença que afecta as macieiras e as pereiras nas nossa condições climatéricas podendo causar graves perdas de produção.

Soluções BayerCropScience

_________________________________________________________________________________________
Cultura Produto Acção na Cultura Acção no Problema
Macieira
Penetrante (sistemia localizada)
Preventivo Curativo Erradicativo
Macieira
Penetrante (sistemia localizada)
Preventivo Curativo
Macieira
Contacto
Contacto
Macieira
Contacto
Contacto
Macieira
   
Macieira
   
Macieira
Superfície (contacto)
Preventivo
Macieira
Superfície (contacto)
Preventivo
Macieira
Sistémico
Preventivo Curativo
Macieira
Superfície (contacto)
Preventivo
Macieira
Superfície (contacto)
Preventivo
Nespereira
Superfície (contacto)
Preventivo
Pereira
Penetrante (sistemia localizada)
Preventivo Curativo
Pereira
Penetrante (sistemia localizada)
Preventivo Curativo
Pereira
Contacto
Contacto
Pereira
Contacto
Contacto
Pereira
   
Pereira
   
Pereira
Superfície (contacto)
Preventivo
Pereira
   
Pereira
Sistémico
Preventivo Curativo
Pereira
Superfície (contacto)
Preventivo
Pereira
Superfície (contacto)
Preventivo

Ciclo Biológico

_____________________________________________________________________________________

download do ciclo biológico

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video