Pavia Catherina

Pavia Catherina

Código Vaso PAP cm Altura cm Preço Obs                                              
10.00039 25   150

7,42€

 

 

Pavia Catherina

 ________________________________________________

(Prunus pérsica var.)

Descrição O pessegueiro é uma árvore relativamente pequena (2 a 5 m de altura), e teve origem na Ásia Oriental, e não na Pérsia, inferida incorrectamente a partir do seu nome botânico.

O pêssego é geralmente redondo, com pele aveludada que descasca facilmente. A polpa tende a ser o amarelo e o branco, doce, suculenta e perfumada.

Os pêssegos são normalmente frutos de verão, mas podem estar disponíveis durante todo o ano de produtores como a China, Espanha, Itália, Grécia, Israel e África do Sul.

A polpa envolve um caroço facilmente separável em algumas variedades e noutras fortemente aderido à polpa.

As cerca de 300 variedades foram agrupadas em cinco grupos, de acordo com as características, época de maturação e aplicações.

A nectarina é uma variedade de fruta que é descrita separadamente. Os pêssegos são ricos em minerais e vitaminas A, B e C. Os seus consumos, pelas baixas calorias tornam-nos ideais para dietas.

 

A Pavia Catherina, tem como principais características:

Frutos:

Cor – Pele de cor amarelo dourado ou alaranjando com ligeira capa avermelhada nas zonas ensolaradas.

Aroma e Sabor – Polpa amarelo abóbora, característica, consistente, suculenta e perfumada, ligeiramente acidulada, e sabor de boa qualidade. Caroço pequeno aderente. Ausência de caroços abertos.

Forma – Redondo, regular e simétrico. Calibre médio a grande segundo a carga, aclareio e a situação na árvore.

Colheita – Os frutos, são colhidos durante a 3ª semana do mês de Julho. Elevada resistência à manipulação.

Árvores: Vigorosa e de porte erecto. Produção elevada e regular. Glândulas foliares reniformes.

Frutifica preferencialmente sobre gemas mistas do ano anterior que devem ser grossas e situados na parte inferior, no exterior de árvore para melhorar a qualidade dos frutos e reduzir a sua tendência acrotónica. Requer poda normal de renovação de ramos produtores do tipo indicado. Interessante pela época de maturação e pelas sua excelentes qualidades agronómicas e comercias, acabaram por converter esta variedade em excedentária pela grande quantidade de toneladas produzidas. Bom comportamento perante as geadas primaveris.

Exigências elevadas de aclareio.

Compasso: 5x3 m

 

Poda: A poda de produção realiza-se durante o repouso vegetativo do damasqueiro.

É necessário uma poda em verde para retirar os ramos ladrões.  

 

Tratamentos Fitossanitários: Os tratamentos deverão ser dirigidos para o controlo das pragas e doenças que posam vir a aparecer no pomar.  

 

 

 

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video