Euryops virginatus

 
Código Vaso Diam Altura Preço Obs                                       
0786 12   0,15

2,50 €

 

Euryops virginatus

________________________________________________

Nome cientifico: Euryops virginatus

Família: Asteraceae

Nome comum: Euriops mel

 

Distribuição
Euryops virginatus é endêmica para a África do Sul e ocorre naturalmente nas áreas costeiras do sul de Bredasdorp em Western Cape para Alexandria, muitas vezes em baixas altitudes. Estende-se no interior das montanhas Swartberg para cerca de 1 200 m. Pode ser encontrada nas encostas da montanha, zonas de areia do monte, estradas e, por vezes, em calcário. Também cresce em matagais e em pastagens.

 

Muitos colecionadores de plantas Sul-Africano ficaram entusiasmados com esta planta atraente e JD Keet, que já em 1918 recolheu uma amostra, no Distrito  de Knysna, disse que este arbusto vistoso seria adequado para as fronteiras ou sebes em jardins. O nome virginatus, vem da palavra latina que significa virgem, intocada, certamente descritivo da planta em plena floração crescendo no seu habitat natural.

 

Descrição
O Euriops mel é um arbusto perene muito ramificado de até 3,5 x 1,5m. Os ramos são na sua maioria eretos, densamente ramificados nas partes superiores, mas nus nas zonas inferior e ásperos devido às cicatrizes foliares. As folhas são verde escuras, pequenas, com 5 a 12 x 2 a 7 mm, palmadas (como uma mão com dedos palmados) ou em forma de leque, com 3 a 7 lobos dispostas alternadamente ou em espiral nos ramos. Massas de pequenas, flores amarelo brilhante, com aroma de mel,  com 8 a 10 mm de diâmetro, são produzidas a partir dos finais do inverno para  a primavera, tornando-se bastante visível ao longe. Cada inflorescencia consiste numa linha exterior de "pétalas" formadas pelas florzinhas. As flores duram por bastante tempo. Os frutos (cipselas) são pequenos, com 1,8 a 2,5 mm de comprimento, oblongo, ligeiramente inclinado, liso e brilhante amarelo ou castanho claro. Eles são cobertos com um tufo de pêlos curtos, branco, que rapidamente perde.

Cultivo
As flores docemente perfumadas são visitadas por enxames de abelhas que são obviamente responsáveis pela polinização das florzinhas. Os frutos (cipselas) não estão adaptados para qualquer mecanismo de distribuição especial e acabam por cair perto da planta-mãe. Eventualmente podem ser dispersos pelos ventos fortes, chuva forte ou insetos.

Os euriops mel são muito vistosos quando em plena floração. Precisam de sol pleno e água moderada. É perene, bastante resistente à seca e ao vento, quando bem estabelecidos. É, no entanto, aconselhável regar as plantas durante o inverno nas áreas de chuvas pouco frequentes. Eles gostam de uma pulverização sobre as folhas nas zonas de invernos secos. É de rápido crescimento e, portanto, perfeito para os novos jardins, onde rapidamente preenche espaços vazios. Plantá-lo na parte de trás de um canteiro de flores ou como uma planta alta. Podar as plantas fortemente após o florescimento, para mantê-las densas. As plantas velhas poderão ter de ser substituídas, depois de alguns anos, se por falta de poda se tornaram muito pernaltas e desarrumadas.

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video