Canna indica

Código Vaso Diam cm Altura cm Preço Obs                                       
04.00109 2,5 L   40

3,91 €

 

Nome vulgar: Cana

Nome Cientifico: Canna indica

Sinonímia: Canna aureo-vitata, Canna patens

Família: Cannaceae

Género: Canna

Tipo de Planta:  Perene

Origem: Várias

 

A Cana índica compreende um grande grupo de plantas que foram obtidas através de inúmeras hibridações e de um longo processo de melhoramento genético.

É uma planta muito rústica, de folhagem ornamental. São particularmente conhecidas pelas suas folhas espiraladas, firmes e grandes, que crescem formando uma espécie de rolo, que se desenrola com o avançar do crescimento. Usualmente, as folhas são verde-escuras, mas podem ser também castanhas, cor de vinho ou mesmo variegadas

A altura das canas, em estado selvagem, varia de dois a três metros, em média. Espécies cultivadas foram selecionadas para possuírem alturas menores, que atingem entre 0,50 e 1,00 m.

Podem formar belos maciços e bordaduras ou para utilizações em zonas que alagam com facilidade.

 

As flores das canas são normalmente grandes e vistosas apresentadas na primavera e verão. Entretanto, as suas pétalas e sépalas são minúsculas. O que aparenta serem pétalas são, na verdade, estaminódios bem desenvolvidos. Geralmente possuem cinco estaminódios, podendo possuir menos. No caso de haver cinco, geralmente três estaminódios são maiores e parecidos com pétalas, um é mediano e possui estigmas e o último é fino e possui uma antera fértil. Uma vez que possuem estigmas e anteras, são flores hermafroditas. A parte dos estames, as flores são trímeras: possuem três pétalas e três sépalas reais. As cores das flores variam entre o amarelo e o vermelho, passando pelo laranja. Crescem em inflorescências. Pela sua aparência vistosa e pelas cores vibrantes, essas flores são especialmente eficientes para atrair polinizadores, como abelhas, borboletas, e morcegos. Algumas espécies, por possuírem o gineceu e o androceu suficientemente próximos, são capazes de se polinizarem sozinhas.

 

São, relativamente resistentes ao frio, embora os seus rizomas possam apodrecer se expostos a temperaturas muito baixas.

As canas desenvolvem-se melhor em locais muito ensolarados.

Regularmente de modo a manter o solo húmido.

 

Durante o período de floração, deverão ser adubadas quinzenalmente com um adubo apropriado,

 

As raízes das canas são formadas por rizomas, que possuem as maiores partículas de amido produzidas por plantas. As canas também rebentam dos rizomas. Embora os rizomas sejam normalmente perenes, é comum que sejam cultivados como plantas anuais em regiões de clima mais temperado ou frio. O solo, tanto pode ser rico como arenoso.


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video