Adenium obesum

Adenium obesum

Código Vaso Diam cm Altura cm Preço Obs                                             
09.00000 1,4 L   30

0,00 €

 

 

 

Adenium obesum

 

 

 

 

Nome vulgar: Adeno obeso,  Oleander de Madagáscar , Rosa do deserto.

Nome Cientifico: Adenium obesum

Sinonímia: Adenium coetaneum, Rose Desert , Oleander Madagascar, Nerium obesum , Pachypodium obesum.

Família: Apocinaceae

Género: Adenium

Tipo de Planta:  Perene

Origem: È nativo do sudeste da África e da Arábia.

 

Descrição:

 

 

 

O Adenium obesum é uma planta suculenta da família Apocinaceae. As áreas de origem desta planta, são as terras secas e inóspitas, locais com temperaturas muito altas.

Na natureza, atinge alguns metros de altura mas, se cultivada em vaso será menor. É uma planta com folhas caducas ovais, verdes brilhantes e as hastes castanhas são ramificadas, caracterizando-se pela protuberância típica na base. Da Primavera ao Outono produz belas flores brancas, rosa ou vermelhas.

O Adenium obesum, pertence ao grupo de plantas que graças à protuberância na base, permite-lhe armazenar água no tronco para mais tarde vir a utilizar.

 

Ambiente:

 

 

 

Esta planta, se cultivada em vaso como decoração de um apartamento, deverá ser colocada perto de uma janela com algum Sol e pode ainda viver confortavelmente, mesmo em varandas e terraços, mas durante os meses de Inverno, como não tolera temperaturas baixas, deve ser colocada no interior.

 

Floração:

 

 

 

Flores muito vistosas, brancas, rosa ou vermelhas de forma contínua da Primavera ao Outono.

 

Temperatura:

 

 

 

É uma planta que adora o clima quente e seco, sendo o frio o seu pior inimigo.

Não tolera temperaturas abaixo de 10ºC ou encharcamento.

 

Luz:

 

 

 

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo perfeitamente drenável, neutro, arenoso, enriquecido com matéria organica.

Ainda que tolere meia-sombra, florações abundantes só serão obtidas sob sol pleno.

 

Rega:

 

 

 

Este tipo de planta, com uma protuberância na base, utilizada para armazenar a água, pode superar longos períodos de seca não exigindo por isso muita água, pelo que apenas deverá ser regada uma vez a cada duas semanas, de qualquer maneira, regando apenas quando a terra já se encontrar seca. Apesar dessas fracas exigências em água, não é bom deixá-la muito tempo sem regas.

 

Adubação:

 

 

 

Administrar um fertilizante líquido para cactos a cada duas semanas, a dose deve ser reduzida para metade em relação ao indicado na embalagem.

Para obter um aspecto engrossado e florações intensas, a utilização de um fertilizante de boa qualidade é fundamental. Ela não é muito exigente em nitrogénio, portanto uma fórmula específica de floração, que contenha mais fósforo é indicada. Jamais fertilizar uma planta sem antes irrigá-la, sob pena de queimar raízes e provocar queda das folhas.

 

Conselhos:

 

 

 

O Adenium é uma planta exigente, não sendo aconselhada para jardineiros principiantes.

Um dos segredos para deixar a base do caule interessante é levantar um pouco a planta, deixando a parte superior das raízes exposta a cada replante, que deve ser realizado a cada 2 ou 3 anos. A planta enraizará normalmente.

Podas de formação devem ser criteriosas para não formar deformidades não naturais e cicatrizes feias na planta.

Usar  luvas, pois a sua seiva é altamente tóxica.

 

 

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video