Taxus bacata Fastigiata

Taxus bacata Fastigiata

Código Vaso Diam Altura Preço Obs                                         
05.00662 21   100 cm

18,58 €

 

Taxus baccata Fastigiata

________________________________________________

Nome vulgar: Teixo

Nome Cientifico: Taxus baccata Fastigiata

Sinonímia:

Família: Taxaceae

Género: Taxus

Tipo de Planta:  Perene

Origem: Europa do Norte, África, Ásia Menor, Cáucaso, até 1500 metros de altitude.

 

Descrição: Árvore pequena 10 a 15 m que excepcionalmente pode atingir 25 m de altura, embora frequentemente tenha um porte arbustivo; muito ramificada desde a base, copa densa e, se isolada tem forma piramidal ampla com ramos horizontais e raminhos ascendente; tronco, canelar, recto, por vezes irregular, bastante canelado. As folhas são persistentes.

Ambiente: É utilizado para fazer coberto florestal, para ornamentação, pois o contraste do verde-escuro das folhas com os numerosos arilos vermelhos, faz um belo efeito e contraste que perdura uma parte do Inverno. A folhagem verde escura e a facilidade de ser podado, fazem desta árvore uma excelente árvore decorativa para parques e pequenos jardins, em isolado ou em sebe. De crescimento lento, terá também um belo efeito em canteiro, à entrada de uma casa ou numa varanda.

Floração: Espécie dióica, isto é, com indivíduos masculinos e femininos distintos. Floresce entre Março e Abril. As flores masculinas, muito numerosas, emergem, inclinadas para baixo,  individualmente nas axilas das folhas, de forma esférica, amareladas, solitárias, providas de 6-14 estames, e as flores femininas, pendentes e pouco visíveis, verdes, aos pares ou solitárias, na extremidade dos raminhos,  contêm um óvulo rodeado de brácteas.

Temperatura: Rústico até -20°C.

Luz: Sombra ou pleno sol.

Rega: Exige atmosfera e solos húmidos com preferência para os solos calcários

Adubação: Durante o período de crescimento activo, deverão ser adubadas quinzenalmente com um adubo apropriado,

Pormenor da folhagem e frutos:

 

 

Com excepção dos frutos, todas as partes verdes do teixo possuem um alcalóide tóxico, a taxina, que o torna perigoso, tanto para os animais como para os homens. Característica que explica a sua destruição sistemática de há séculos para cá. Tal acção do homem colocou a espécie em vias de extinção, e por isso deve-se ter cuidados em não colher ou danificar sujeitos no seu meio natural.

Se a taxina é tóxica para os homens e outros animais, esta substância tem sido utilizada na luta contra o cancro. O que mais uma vez ilustra, a necessidade absoluta de preservar a biodiversidade.

 

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video