Rhipsalis micrantha

Rhipsalis micrantha

Código Vaso Diam cm Altura cm Preço Obs                                             
09.00002 14H   40

16,97 €

 

Rhipsalis micrantha

________________________________________________



NOME COMUM - Ripsales

NOME CIENTÍFICO -
Rhipsalis micrantha

FAMILIA
Cactaceae

ORIGEM
Flórida, Argentina, África, Madagáscar e Ásia Tropical.


 

 

 

 

CUIDADOS

 

Luz

Como outros cactos da floresta, estas plantas necessitam de sombra; demasiadamente expostas ao sol, os caules tendem a ficar avermelhados e a murchar. Exponha-as a luz média e no final da Primavera e durante todo o Verão, coloque-as, se possível, num local à sombra no exterior.

 

Temperatura

A temperatura am­biente normal é a apropriada a todas as ripsales durante todo o ano, desde que a atmosfera permaneça suficien­temente húmida. Para aumentar o grau de humidade, coloque os vasos em tabuleiros com seixos molhados e pendure pratos com água sob os cestos suspensos. Pulverize ainda diariamente estas plantas com um jacto fino de água não calcária, se possível da chuva.

 

Rega

Nunca se deve deixar secar completamente estes cactos da flo­resta. Durante a Primavera e o Ve­rão, quando estão numa fase de cres­cimento activo, regue-os abundan­temente, de modo a manter a mis­tura totalmente húmida, mas não deixe o recipiente dentro de água. No Inverno, em condições de am­biente normais, regue moderada­mente as plantas, humedecendo completamente a mistura, mas dei­xando secar a camada superior de 1 cm entre duas regas. Como as ripsales não apreciam calcário, tente usar sempre água da chuva.

 

Adubação

Aplique mensalmente, durante todo o ano, um adubo rico em potássio e aumente a frequência da adubação nos períodos de flora­ção, adubando de duas em duas se­manas. Logo que aparecerem os botões florais e até os últimos se terem aberto, adube mais frequentemente.

 

Envasamento e reenvasamento

Para estes cactos é ideal uma mistura à base de turfa. Para proporcionar uma melhor drenagem, acrescente uma parte de areia grossa ou perlite para cada três partes de mistura. Nas plantas colocadas em cestos suspen­sos, forre o cesto com musgo para reter a mistura. Como têm raízes curtas, as ripsales não necessitam de recipientes muito grandes. Assim, uma planta com caules suficiente­mente longos para penderem um mínimo de 30 cm pode ser colocada num vaso ou cesto de 8-10 cm. No entanto, reenvase todas as ripsales uma vez por ano, mesmo que não necessitem de um recipiente maior. Retire a mistura velha, limpe bem o recipiente e reenvase a planta numa mistura nova. Pode realizar esta ope­ração em qualquer altura do ano, ex­cepto no meio do Inverno.

 

 

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video