Maracuja

Maracuja

Código Vaso PAP cm Altura cm Preço Obs                                              
10.00016 14   60

00,00 €

 
  • Nome Científico: Passiflora sp
  • Nome Popular: Maracujá, flor-da-paixão, maracujazeiro
  • Família: Passifloraceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: América Tropical, Ásia e Austrália
  • Ciclo de Vida: Perene

 

É originário da América Tropical e pertence á família Passifloriaceae, que contem quase 200 espécies nativas do Brasil (Hoehns, 1946). Embora apresente grande variabilidade, os cultivos comerciais baseiam-se numa única espécie, a Passiflora edulis f. flavocarpa, conhecida como maracujá amarelo ou azedo. Essa espécie representa 95% dos pomares, pois apresenta qualidade dos frutos, vigor, produtividade e rendimento em suco.
A origem desse maracujá é bastante discutida.
Alguns pesquisadores  consideram-na uma planta nativa do Brasil, pois existem relatos do século XVI que mencionam um maracujá com frutos muito semelhantes.
Outros dizem que surgiu na Austrália, por mutação do maracujá com frutos roxos.
A palavra maracujá é de origem tupi e significa alimento em forma de cuia
O maracujazeiro é uma planta trepadeira de grande porte, lenhosa, vigorosa e de crescimento rápido, podendo atingir 10 m de comprimento e  fixa-
se nos apoios por meio de gavinhas.
As folhas são lisas e pontiagudas e possuem de 3 a 7 lóbulos.
As flores são azuis com filamentos escuros, assemelham-se ás orquídeas. Apresenta grande variação no tamanho, formato, peso, coloração e sabor dos frutos, porem todos eles são ricos em minerais e vitaminas, principalmente A e B.
Toda a planta, principalmente as folhas, possui propriedades calmantes, hipnóticas, analgésicas e antiinflamatórias, devido aos princípios ativos maracujina, passiflorine e calmofilase.
Devido a esses princípios é indicado em casos de nervosismo, ansiedade, espasmos gástricos de origem nervosa e inflamações na pele.

PARA FACILITAR O SONO: ponha 1 colher (de sopa) de folha em 1 xícara (de chá) de água bem quente. Cubra e coe depois de 10 min. Adoce com mel e beba antes de deitar.
COMO CALMANTE: ponha 2 colheres (de sopa) de folha em ¢ l de água quente e ferva por 5 min. Coe e beba.
CONTRA COLICAS ABDOMINAIS: ponha 1 colher (de chá) de folha, 1 de flor de malva e 1 de menta em 1 xícara (de chá) de água bem quente. Coe depois de 10 min. Beba 2 ou mais xícaras durante o dia, em pequenos goles.

Tratos Culturais

O maracujazeiro é uma planta trepadeira e portanto, necessita de apoio para sua condução. O sistema mais utilizado é o de espaldeira. A espaldeira é formada por estacas de 2,50 metros de comprimento (com 50 cm enterrados) espaçados de 5 em 5 metros na linha de plantio. Completa-se a espaldeira com a colocação de um arame nº 12 ou 14 preso no topo dos mourões. O maracujá responde bem à adubação, por isso é necessário efetuar de 4 em 4 meses adubação de cobertura com nitrogênio, potássio e fósforo na base de 300 a 400 gramas por planta.  No primeiro ano são feitas 3 a 4 capinas tendo-se o cuidado de evitar ferimento às raízes.

O maracujazeiro é uma planta dependente de polinização cruzada, ou seja, uma planta de maracujá não produz se as flores não forem polinizadas com pólen de outra planta. A polinização manual é feita nos períodos de maior floração utilizando-se dedeiras de flanela e tocando-se de leve e ligeiramente as flores de plantas alternadas. Um homem poliniza, aproximadamente, 50 flores por minuto.

Pragas e Doenças

No viveiro as principais pragas são as vaquinhas e as lagartas. No campo as lagartas constituem sério problema no início da cultura. Outras pragas de menor importância são os percevejos, mosca do fruto e ácaros.

A fusariose e a podridão do colo são as doenças mais sérias do maracujazeiro, e o único controle é o arranque e queima das plantas atacadas. Em qualquer situação, é prudente consultar um técnico especialista.

Colheita

O período de colheita dos frutos varia de 6 a 9 meses após o plantio. O ponto de colheita é caracterizado pela coleta dos frutos no chão; antes da coleta efetuar passagem entre as filas e derrubar frutos maduros que não caírem ou presos entre os ramos da planta. A coleta de frutos e feita 2 a 3 vezes por semana. Após a colheita os frutos perdem peso rapidamente à medida que permanecem no chão ficam murchos dificultando a comercialização.

Rendimento

O rendimento médio da produção em frutos é de 8 a 10 t/ha para o primeiro ano de plantio, 15 a 20 t/ha no segundo e 12 a 14 t /ha para o terceiro.

Fruto maduro caído naturalmente tem idade acima de 80 dias; ele está maduro com 75 a 80 dias após a polinização. Para o mercado de frutas frescas, os frutos devem ser colhidos ainda presos à planta e com 50 a 70 dias após a abertura da flor, mantendo o pecíolo com 1 a 2cm de comprimento.

 


Contacto

Amélia Palmela Decorações em Plantas Ornamentais

Av. Mariano de Carvalho, 27
2900-487 SETÚBAL


Tel: 351 265239058


Free Web Counter    Free Counter

 

 

 

 

 

 

 


Centro de Jardinagem

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:

das 09,00 às 19,00h

Ao Sábado:

das 09,00 às 13,00h

Encerra para Almoço das 12,30 às 14,30h

Descanso Semanal ao Domingo

Coordenadas GPS
Lat:  N 38,52641º
Lon: W 8,89302º

 

Idris

O Sistema de Rega para as suas Floreiras

 

 

Veja o Video